Palavra da Direção - 29 de janeiro de 2021

Janeiro sendo finalizado!!! Mas até bem pouco tempo ainda era dezembro com alunos e professores despedindo-se de todos, no último dia de aula, como uma despedida, que mesmo à distância, on-line, híbrida, ou uma passadinha rapidinha de alunos e pais na escola, para desejar, feliz ano novo às professoras e funcionários. Um marco de despedidas dos momentos de incertezas, das dificuldades e do COVID-19. Era férias e como sempre entraríamos num novo ano com mais liberdade. Porém hoje, 29 de janeiro, voltamos ao novo ano letivo de 2021, estamos online e com as mesmas dúvidas do momento passado.

Mas, com uma esperança maior da que estamos no passado, esperança de estarmos próximos de uma possível aventura por reaprendermos a viver, e conviver novamente com um novo olhar para o futuro dos nossos filhos. Tivemos uma reunião inicial com os pais, onde o retorno às aulas se faz necessário, pela voz das legislações, especificamente a Resolução SEDUC 11, de 26 de janeiro de 2021, que defende o direito de a criança ter acesso ao convívio escolar, atividades físicas de forma presencial com professores e colegas dentro da escola, para a sua saúde emocional. O retorno precisa ser gradual e cuidadoso. Toda a comunidade escolar precisa estar segura, por meio das ações e posturas adequadas conforme o protocolo sanitário. Toda a comunidade escolar precisa, ter o compromisso de repassar informações a respeito de suas movimentações pelo entorno social, dos passeios mais distantes e contatos de aglomeração ou possíveis riscos, a fim de preservar a segurança e o direito de todos à aprendizagem presenciais dentro da escola, e não permitir a vulnerabilidade ao vírus de forma indireta. Na escola, neste momento, conforme recomendação da legislação, o diretor não pode abrir vaga no presencial, baseando-se na quantidade de 35% da capacidade da escola, mas seguir as recomendações legais do retorno presencial de 35% de alunos, com base na quantidade de alunos matriculados, ano de 2021. A educação e a saúde estão de mãos dadas, porque, é preciso perder em capacidade para um retorno gradual e cuidadoso do ano letivo, para ganharmos todos, estabilidade de saúde física e emocional, na certeza, no respeito, na parceria com os pais, alunos, professores e equipe gestora, unindo forças para a retomada no desenvolvimento integral dos alunos. Não é obrigado aos pais enviarem seus filhos para o ensino presencial, e isto está pautado na legislação. Cada pai e mãe tem o direito de escolher a forma que mais almeja em segurança do seu filho e sua família, sem afastar o seu filho do direito a aprendizagens.

Todos nós reconhecemos a importância do retorno, mas temos que concordar que a lei, reflete, possibilidades ao direito, com integridade para todos e tudo ser bem-sucedido. Famílias, sejam bem-vindas ao ano letivo do colégio Odila Azevedo. Estamos preparados para o que preciso for. Nossas vivências se transformam em experiências.

Nossos profissionais sempre priorizaram o bem-estar de seus filhos, nossos alunos e agora, como diretora, peço encarecidamente, que possamos seguir o exemplo da legislação e darmos mais uma vez as mãos, preservando a saúde dos nossos professores, protegendo vocês mesmos, seus filhos e sua família em benefício do direito de aprendizagem, por meio das práticas e comportamentos amparados em nosso protocolo sanitário e de todas as orientações da saúde. Por tudo que passamos e vivemos, temos a certeza, que estamos protegendo a saúde dos nossos professores, de seus filhos e da nossa escola e só assim em breve, poderemos abrir definitivamente os portões da escola para o mundo.

Juntos, fazendo mais e melhor! Um grande abraço! Conte conosco. Equipe do Colégio Odila Azevedo.

40 visualizações

Posts recentes

Ver tudo