Encontro com pais do Odila

Neste encontro estabelecemos uma conexão com os pais dos alunos do 5º ano a fim de conversar sobre desenvolvimentos e aprendizagens.


Esta faixa etária apresenta uma característica específica, em que crianças de 9 e 10 anos já iniciam os processos de amadurecimento da fase da puberdade, chegando à pré-adolescência, que podem provocar diversas alterações na criança, alterações de humor, de comportamento, de disciplina, de estrutura física, de questões emocionais, enfim, muitos são os influenciadores nesta fase, o que pode ou não interferir na aprendizagem e desenvolvimento escolar do aluno.

Em conversa com os pais, tratamos a necessidade de manter a calma, agir com paciência, o que não quer dizer deixar a criança decidir, ou deixar a criança ditar as regras e realizar tudo de acordo com suas vontades. Neste momento é preciso que a família se mantenha firme e convicta nos seus propósitos de educação para as crianças e estabeleçam mais do que nunca, as diretrizes de conduta e direcionamento. Nesta fase, a criança precisa de pulso firme, de orientação pautada numa condição de valores familiares, precisa de direcionamento de suas ações para o certo e o errado, precisa de modelos afirmativos e positivos dentro dos contextos sociais, educacionais e morais. A criança precisa saber lidar com as suas frustrações, observando seus erros e ajustando-os às consequências deles.


Neste segmento, a criança começa a fazer suas escolhas mais assertivas e conscientes. Está aí o apoio e a ajuda que ela precisa dos pais. Atitudes como dormir e acordar cedo, alimentar-se bem, ter rotina de estudos, contato com livros e outros instrumentos de pesquisa também são fatores que contribuem para a aquisição do desenvolvimento escolar.


A criança, embora com 10 anos de idade e passando por transições de fases da vida, continua sendo uma criança. Não apresenta condições de tomar decisões. Neste caso precisa da consciência do adulto para juntos construírem seus conceitos que farão a diferença na vida da dela.

Na escola, os alunos terão mais cobranças dos professores, pois nesta faixa etária, não mais serão aceitos erros primários de alfabetização. Tudo que a criança aprendeu desde seu início nas séries iniciais, precisam ser aplicados. Eles serão responsáveis por realizar correções individuais de forma autônoma e refazer suas tarefas quando necessário. Compreender que a aprendizagem é um processo constante que se iniciou há 5 anos é primordial e a continuidade e a constância nesses conceitos irá construir a totalidade em sua formação.


A responsabilidade e o compromisso individual do aluno serão responsáveis pelo amadurecimento da criança, o que fará com que ela esteja preparada para enfrentar as demais etapas de aprendizagens em séries posteriores.


Aqui no Odila, nossa proposta para alunos finalistas de ciclo é o amadurecimento consciente e responsável com os estudos e a aquisição de habilidades e competências para a construção do conhecimento, despertando o interesse pessoal de buscar aperfeiçoar suas aprendizagens e aguçar a prática de busca individual de cada aluno para “o aprender”, para saber mais, pelo conhecer, formando alunos e alunas protagonista da sua história e preparado para os desafios das novas etapas.


Agradeço a participação de todos!

Juntos dá pra fazer mais!


3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo